Unigranrio realiza live com a nutricionista Mariana Catta-Preta sobre ‘Dificuldades alimentares em crianças’

Assessor de imprensa da Unigranrio: Alberto Corona, Email: imprensa@unigranrio.com.br

Nutricionista Mariana Catta-Preta Pereira

A maioria das mães brasileiras procura pediatra para consultar sobre o motivo que leva crianças a não comerem direito. Para entender as causas, nesta quinta-feira (13/5), às 19h, a Unigranrio promove live ‘Dificuldades alimentares em crianças: como tratar?’, com presença da nutricionista Mariana Catta-Preta Pereira, doutora em Ciências pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Esse encontro será aberto ao público,  através do Canal Unigranrio/YouTube.

 Não faltam dúvidas sobre qual a alimentação ideal a partir da passagem do aleitamento materno exclusivo para a alimentação complementar. Uma variedade de fatores pode comprometer  a relação com a comida na infância. Os sinais de alerta são bem visíveis quando a criança perde peso, chora, tem casos de vômito à mesa, ou  reclama sobre textura e sabor de alimentos, seletividade e rejeição a novos alimentos.

Segundo Mariana Catta-Preta afirma que, “a dificuldade em se alimentar engloba seletividade, recusa e aversão alimentar, indo muito além do ato de comer, ou seja, a maioria dos bebês e das crianças consegue mastigar e engolir, mas não consegue se alimentar”.

Saiba mais sobre Mariana Catta-Preta Pereira

Ela é doutora em Ciências pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ),  professora-adjunta do Centro Universitário Augusto Motta (Unisuam), professora do Centro Universitário Universus Veritas (Univeritas) e, também, do Senac. Mariana é formada pela UniRio, com 17 anos de experiência na docência de ensino superior, e 20 anos na área clínica.

Comentários