Desfile on-line de alunos do curso Design de Moda da Unigranrio homenageia Fernando Cozendey

Assessor de imprensa da Unigranrio: Alberto Corona, Email: imprensa@unigranrio.com.br

O curso Design de Moda da Unigranrio fecha 2020 com seu desfile tradicional, com presença física de alunos desse curso, mas com transmissão on-line pelo Canal Unigranrio, no YouTube. Neste ano, a homenagem de 12 alunos foi sobre 24 looks inspirados no trabalho do designer carioca Fernando Cozendey. Os trabalhos exploraram temáticas da década de 1980, focando a queda do muro de Berlim, MTV, descoberta do HIV, Madonna e outras mais. O desfile pode ser conferido na íntegra no link https://youtu.be/HRjtZI5pRDM.

Desfile on-line mobiliza centenas de pessoas através telões e de transmissão pelo Canal Unigranrio, YouTube

Segundo estilista renomado Eli Dias, professor da Unigranrio, o evento Cozendando nos Anos 80  foi transmitido exclusivamente on-line, “num cenário intimista e privado, onde as modelos passeavam entre três telões de grandes proporções, com 90 convidados conectados ao desfile, incluindo o reitor da Unigranrio, Arody Herdy; a pró-reitora de Graduação (Prograd), Livia Lacerda; e a pró-reitora de Pós-Graduação (Propep), Nara Pires”.

Rita Quintanilha comenta sobre o trabalho inspirado no colega Fernando Cozendey

Fernando Cozendey foi lembrado por suas coleções coloridas e bem-humoradas,  repletas de lycras figurativas, onde os alunos da Unigranrio brilharam com muito estilo e atitude na passarela improvisada, na biblioteca da Unigranrio, em Duque de Caxias (RJ). A coordenadora do curso Design de Moda, Rita Quintanilha afirma que Cozendey mescla política e o direito de ir e vir dos cidadãos brasileiros.

O designer Eli Dias fez questão de enaltecer o trabalho de seu amigo Fernando Cozendey

“Posso afirmar que Cozendey tem seu trabalho reconhecido em todo o Brasil, pela sua ousadia estética, quebra de barreiras e pelo uso de materiais que expressam sua época, com modelagens complexas e mescla de tecidos, onde ele resplandece com sua alegria e criatividade. Nossos alunos puderam exibir parte de seu trabalho em maiôs, collants e macacões que fogem do tradicional visto nas principais passarelas brasileiras”.

Eli Dias acrescenta que este desfile de 2020 também ofereceu a todos os participantes formação pessoal e profissional, de forma muito diferenciada.

Galeria de fotos:

Comentários