Alunos e professores da Unigranrio vacinaram 23 mil pessoas contra a Covid-19 neste ano

Assessor de imprensa da Unigranrio: Alberto Corona, Email: imprensa@unigranrio.com.br

Alunos e professores da Unigranrio vacinaram 23 mil pessoas contra a Covid-19 neste ano

Prefeitura do Rio anuncia calendário de vacinação para os meses de abril e maio de 2021, inclusive para Clínica da Família José de Souza Herdy, que mantém parceria com a Unigranrio/Barra, nas atividades de imunização contra a Covid-19. Essa universidade contabilizou a marca de 23 mil pessoas vacinadas, desde janeiro deste ano, levando-se em conta as imunizações no Parque Olímpico e campus Barra, por alunos de Medicina, Enfermagem, Biomedicina e Odontologia. Neste  último sábado (17/4), Maria Carolina Castelões, acadêmica de Enfermagem, vacinou a mãe de sua professora do ensino fundamental e médio, na Unigranrio/Barra. É emoção além da sala de aula!

Aula de vida no encontro de aluna de Enfermagem com a mãe de sua professora, de ensino fundamental e médio. “Aprendemos com os professores que, mesmo diante de tanta dificuldade, enfrentam a realidade com a certeza de dias melhores”

Aula de vida no encontro de aluna de Enfermagem com a mãe de sua professora, de ensino fundamental e médio. “Aprendemos com os professores que, mesmo diante de tanta dificuldade, enfrentam a realidade com a certeza de dias melhores”

A história de vida dá voltas e mais voltas. Sábado, dia de vacinação para os profissionais da Educação, foi momento de muita emoção para Maria Carolina Castelões, aluna do 5º período de Enfermagem da Unigranrio, ao encontrar dona Mariana, mãe de sua professora do ensino fundamental e médio, Bianca Mendonça. “Foi algo surpreendente, porque ao ver dona Mariana, que também é professora, voltei no tempo para lembrar da Bianca, pessoa guerreira, transformadora e conselheira, em tempos de giz, apagador, criatividade e dedicação plena à arte de ensinar”.

Maria Carolina Castelões tem referências de trabalho na área da saúde com Theia Castelões, sua mãe, que é coordenadora do CTI no Hospital América, na Barra da Tijuca. Theia trabalha há 30 anos nessa função, com passagens por hospitais como Samaritano e Pró-Cardíaco, ambos em Botafogo, no Rio

Maria Carolina Castelões tem referências de trabalho na área da saúde com Theia Castelões, sua mãe, que é coordenadora do CTI no Hospital América, na Barra da Tijuca. Theia trabalha há 30 anos nessa função, com passagens por hospitais como Samaritano e Pró-Cardíaco, ambos em Botafogo, no Rio

“Minha mãe se emociona quando pega minhas fotos de trabalho, aqui na campanha de vacinação. Eu já vacinei um amigo dela, chefe de emergência médica, logo após seu restabelecimento sobre tratamento de Covid-19. Tudo isso mexe comigo e proporciona bagagem rumo ao aprendizado que me conduzirá ao trabalho de enfermeira. Ainda nesta semana, vacinei uma senhora que perdeu o marido recentemente. Ela contou, emocionada, que ele deveria estar com ela para ser vacinado neste último sábado”.

Maria Carolina Castelões: “Estou fazendo a diferença na vida das pessoas vacinadas, isso não tem preço!”

“Eu pretendo me especializar na área da Saúde da Família, porque gosto muito do atendimento voltado à saúde básica. Ao participar de campanhas como a de vacinação contra a Covid-19, tenho a certeza de vivenciar um momento histórico e importante para todos nós universitários. Ao saber que cada pessoa imunizada é menos uma no leito de UTI, com certeza, é gratificante. Estou fazendo a diferença na vida das pessoas vacinadas, isso não tem preço”, conclui Maria Carolina Castelões.

Nova tabela de vacinação contra a COVID-19, a partir de hoje, 19 de abril de 2021

Nova tabela de vacinação contra a COVID-19, a partir de hoje, 19 de abril de 2021

Desde o início da pandemia, o Município do Rio soma 242.244 casos de covid-19, com 22.187 óbitos. Já a taxa de letalidade está em 9,2%, e a mortalidade em 333,1 a cada 100 mil habitantes. A incidência da doença é de 3.636,6/100 mil.

Secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, revelou que o momento atual ainda é de muita atenção

Secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, revelou que o momento atual ainda é de muita atenção

“Neste momento, são 1.400 pessoas internadas com Covid19 na cidade do Rio. Nas últimas semanas, a população mostrou que tem colaborado com a diminuição da circulação, e esperamos que isso se mantenha. Ainda temos um nível de transmissão alto, e não é possível flexibilizar as medidas restritivas”, afirma o secretário Daniel.

Comentários