Alunos da Unigranrio criam aplicativo multifuncional para deficientes visuais ou com baixa visão

Alunos da Unigranrio criam aplicativo multifuncional para deficientes visuais ou com baixa visão

Como adquirir visão do mundo e tocar a vida de forma mais clara e criativa, quando a cegueira e baixa visão impedem avanços importantes? Alunos dos cursos de Tecnologia da Informação da Unigranrio (TI) acabam de criar aplicativo multifuncional que atende pessoas com necessidades especiais, a exemplo de deficientes visuais ou com baixa visão, para que possam, por comando de voz, digitar texto, transformar texto uma página para texto aberto, além de estímulos que renovam o sabor das manhãs e das estações do ano.

Hoje, com a tecnologia dos aplicativos em TI, não há lugar para perdas e depressões, apenas para conversão dos sentidos, uma nova arma a produzir lucidez visual e muita luz no fim do túnel

Hoje, com a tecnologia dos aplicativos em TI, não há lugar para perdas e depressões, apenas para conversão dos sentidos, uma nova arma a produzir lucidez visual e muita luz no fim do túnel

Mas como conquistar recursos diante da perspectiva da perda de visão? Os acadêmicos de TI informam que esse aplicativo ajuda os deficientes visuais a  acessar sites com retorno de voz sobre diversos assuntos, fazer cálculos matemáticos, pesquisas múltiplas como variação cambial, reconhecimento de objetos, abertura de arquivos, jogos e até ouvir histórias e piadas. E também, pelo wardware, verificar a distância de objetos, tudo através de uma câmera comum acoplada ao corpo de quem tem dificuldade de andar na rua.

Não é milagre, é pesquisa, investimento em Iniciação Científica e olho no mercado de trabalho

Não é milagre, é pesquisa, investimento em Iniciação Científica e olho no mercado de trabalho

O projeto de Iniciação Científica citado acima foi financiado pela Funadesp. A ideia dos acadêmicos é possibilitar tecnologia assistiva para que haja maior qualidade de vida às pessoas, tudo com soluções de hardware e software para uma sociedade mais inclusiva.

Alunos de TI: Victor Cardoso Baptista, Lucas da Cruz Lubanco, Tiago Alves Melo, Thércio Peixoto de Lima,  Paulo Luiz Soares Cabral e Vilberto Ataíde Frazão Júnior.

Coordenador do curso Sistemas de Informação/Unigranrio: Daniel de Oliveira

Professores que coordenaram esse projeto: Daniel de Oliveira e Miguel Carvalho, com apoio dos professores Anderson Nascimento, Alexandre Louzada, Natália de Oliveira e Marco Antônio.

Veja o vídeo: https://portal.unigranrio.edu.br/blog/rolezinhodeti/tia-ti-para-acessibilidade

Comentários